Avaliação de marcadores tumorais e componentes do sistema de ativação do plasminogênio em tumores...

Avaliação de marcadores tumorais e componentes do sistema de ativação do plasminogênio em tumores ovarianos císticos



Pós-graduando: Eduardo Vieira da Motta Orientador: Prof.Dr. Jesus Paula Carvalho Data da defesa: 11/1998 Resumo: Foram estudadas 43 mulheres com tumor ovariano cístico submetidas a laparotomia por suspeita de neoplasia ovariana. Em todos os casos foram analisadas as concentrações plasmática e no conteúdo cístico destes tumores do ativador do plasminogênio tecidual (AP-T), do ativador do plasminogênio uroquiase (AP-U), do inibidor do ativador do plasminogênio tipo 1 (PAI-1) e do inibidor do ativador do plasminogênio tipo 2 (PAI-2), além dos marcadores tumorais CA 125, CA 72-4 e CEA. As concentrações dos elementos estudados no plasma e nos cistos foram descritas conforme a natureza neoplásica dos tumores, e comparadas através da análise de Mann-Whitney e Kruskal-Wallis. As correlações entre estes elementos no plasma e no conteúdo cístico foram realizadas através do coeficiente linear de Pearson. Os níveis plasmáticos de CA 125 e Ca 72-4foram maiores em pacientes com cistos neoplásicos, sem diferença para CEA e para os componentes do sistema de ativação do plasminogênio. Os cistos neoplásicos apresentaram no seu conteúdo maior concentração de Ca 72-4 e AP-T, sem diferença para os outros elementos estudados. A concentração plasmática destes marcadores se correlacionou linearmente com as respectivas concentrações no conteúdo cístico, enquanto apenas o nível de CA 125 plasmático se correlacionou com a concentração dos ativadores do plasminogênio tecidual e uroquiase no conteúdo cístico. Houve correlação significativa entre o inibidor do ativador plasminogênio tipo 2, o CA 72-4 e o CEA plasmáticos. Estes dados sugerem a utilização da determinação de CA 72-4 e do AP-T no conteúdo cístico de tumores ovarianos como critério diagnóstico entre lesões neoplásicas e não neoplásicas; que os níveis plasmáticos de CA 125 possam depender da concentração de fatores do sistema de ativação do plasminogênio no conteúdo cístico; e que pacientes com níveis plasmáticos elevados de CA 72-4 e CEA possam apresentar maior risco de fenômenos tromboembólicos.

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo

SECRETARIA EXECUTIVA

Rui Madureira

Tel.: 11 98176-2323

DESIGN E TRANSMISSÃO

Monjon Design (Bruno)

Tel.: 11 93455-8141

TERMOS

marca_com_sombra-04-bx.png
  • Facebook
  • Instagram