ESTUDO DE UM CICLO MENSTRUAL EM ADOLESCENTES EUMENORRÉICA

Pós-graduando: Zuleide Aparecida Félix Cabral Orientador: Prof. Dr. Laudelino de Oliveira Ramos Data da defesa: 12/12/03 A falta de informações relativas ao ciclo menstrual e perfil hormonal de adolescentes com ciclos menstruais regulares, combinada com a diversidade de resultados sobre a investigação da fase folicular e lútea em mulheres não adolescentes descrita até o momento, suscitaram a idéia da presente pesquisa. Este estudo avaliou um ciclo menstrual de 55 adolescentes com idade entre 14 e 19 anos, com ciclos menstruais regulares e tempo decorrido da menarca de doze ou mais meses. Nenhuma adolescente avaliada era tabagista, praticante de esportes extenuantes, portadora de endocrinopatias ou doença neoplásica, tampouco estava em fase de lactação ou uso de anticoncepção hormonal. Investigou-se a correlação entre os valores séricos de FSH entre o segundo e o quinto dia do ciclo menstrual e a duração da fase folicular, o diâmetro floicular médio pré-ruptura ovular, a correlação entre a duração da fase folicular e o tempo decorrido da menarca, a distribuição da ovulação, o datamento do endométrio, a intensidade de vascularização e o índice de resistência do corpo lúteo, valores de progesterona na fase lútea e a correlação destes com a fase folicular, o tempo decorrido da menarca, a vascularização e o índice de resistência do corpo lúteo. A analise estatística dos resultados foi feita usando o software estatístico SPSS 11,0 tendo sido adotado o nível de significância de 5%. A média etária das adolescentes participantes deste estudo na ocasião da menarca foi de 12,2±1,2 anos. Observou-se correlação negativa, estatisticamente significante, entre os valores de FSH no início do ciclo menstrual e a duração da fase folicular, e ausencia de correlação entre a duração da fase folicular e o tempo decorrido da menarca. O diâmetro folicular médio pré-ruptura ovular no dia anterior à eclosão floicular foi de 1,87 cm. A porcentagem de ovulação diagnosticada pela ultra-sonografia transvaginal foi de 100%. A ovulação ocorreu entre o décimo segundo e o vigésimo oitavo dia do ciclo menstrual, com média de 17,1 dias. A totalidade das biópsias de endométrio revelou padrão histológico de aspecto secretor, sendo 85,5% dos endométrios compatíveis com a fase lútea. A média das concentrações de progesterona foi de 10,6ng/ml. A análise da comparação entre a duração da fase folicular e os valores de progesterona na fase lútea, nesta pesquisa, demonstrou que as concentrações de progesterona no décimo segundo dia após a ovulação foram menores no grupo com duração da fase folicular maior ou igual a dezesseis dias, em comparação ao grupo com fase folicular menor do que dezesseis dias. Os valores de progesterona no sexto e nono dia da fase lútea entre os dois grupos não apresentaram diferenças estatisticamente significantes. Intensidade de vascularização do corpo lúteo escassa foi evidenciada em 34,6%; moderada em 23,6% e exuberante em 41,8%. O índice de resistência do corpo lúteo foi de 0,4. Não foi evidenciada correlação entre as progesterona com a vascularização e o índice de resistência do corpo lúteo. Os resultados deste estudo sugerem que adolescentes que adolescentes eumenorréicas demonstram elevada capacidade reprodutiva.

11 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

SECRETARIA EXECUTIVA

Rui Madureira

Tel.: 11 98176-2323

DESIGN E TRANSMISSÃO

Monjon Design (Bruno)

Tel.: 11 93455-8141

TERMOS

marca_com_sombra-04-bx.png
  • Facebook
  • Instagram