top of page

O que lhe aguarda no webinar Webinar Infecção Urinária Recorrente na próxima quinta-feira, 20h


Neste webinar gratuito, da Disciplina de Ginecologia da FMUSP, discutiremos a importância da infecção urinária recorrente na mulher, seus fatores de risco e opções de tratamento, além de fornecer informações sobre diagnóstico e recomendações de tratamento da Associação Europeia de Urologia. Destaque para a importância de abordagens não antimicrobianas na prevenção da infecção urinária recorrente e apresenta resultados de estudos e metanálises para embasar as recomendações.


Confira alguns tópicos que serão abordados:

• Alta prevalência de infecção do trato urinário (1 a 6% das consultas médicas).

• Impacto global da infecção urinária (250 milhões de tratamentos anuais no mundo).

• Custo nos Estados Unidos e sua relevância como problema de saúde pública.

• Infecção urinária recorrente afeta a qualidade de vida das mulheres.

• Fatores de defesa do hospedeiro contra a infecção.

• Fatores de risco para infecção urinária recorrente.

• Opções de tratamento de infecção urinária aguda (dose única vs. tratamento de longo prazo).

• Estudo epidemiológico sobre a prevalência de bactérias causadoras.

• Recomendações de tratamento da Associação Europeia de Urologia.

• Definição e prevalência da infecção urinária recorrente.

• Avaliação diagnóstica, incluindo exames de imagem e cultura de urina.

• Discussão sobre a prevenção da infecção urinária recorrente.

• Medidas gerais de prevenção, incluindo ingestão de líquidos, micção periódica e esvaziamento adequado da bexiga.

• Recomendação de evitar diafragmas e tampões.

• Uso de estrogênio local para aumentar os lactobacilos e reduzir a colonização bacteriana.

• Profilaxia não antibiótica como alternativa aos antibióticos.

• Probióticos como uma opção para restaurar a microbiota vaginal.

• Uso de substâncias como cranberry e D-manose na prevenção.

• Discussão sobre resistência a antibióticos e necessidade de alternativas.

• Eficácia a longo prazo da profilaxia antibiótica.

• Profilaxia pós atividade sexual como opção.

• Estudo comparativo entre antibióticos e outros tratamentos.

• Discussão sobre a quantidade ideal de cranberry necessária para a prevenção.

• Estudo multicêntrico sobre a adesão bacteriana em diferentes doses de cranberry.

• Resultados da metanálise de 2023 da Cochrane sobre cranberry na prevenção da infecção urinária.

• Recomendações da Comissão Nacional Especializada para o tratamento da infecção urinária recorrente.

• Alternativas de tratamento, incluindo imunoterapia.

• Recomendações de profilaxia não antimicrobiana, como estrogênios vaginais, probióticos e cranberry.

• Uso de antibióticos como último recurso após falha de outras intervenções.

• Conclusões finais sobre o diagnóstico e tratamento da infecção urinária recorrente.


Para se inscrever no webinar, basta clicar aqui.

Comments


bottom of page